Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Extensão Universitária

Projeto de extensão da Terapia Ocupacional atende trabalhadores com dor crônica

Publicado: Quarta, 19 de Junho de 2024, 10h12

O Projeto de Extensão “VenceDor”, do curso de Terapia Ocupacional da UFTM, iniciou um grupo de atendimento a trabalhadores com dor crônica por meio de educação em saúde, gerenciamento da dor, promoção de saúde e prevenção de agravos. O projeto é uma parceria entre o grupo de pesquisa, NETRAS (Núcleo de Estudos e Pesquisas em Trabalho, Participação Social e Saúde/UFTM), e o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador – CEREST, da Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Uberaba, e acontece no próprio CEREST, toda terça-feira, das 14 horas às 16h30.

Equipe do Projeto VenceDor
Professora Fabiana (em pé, 1ª à esq.) com a equipe do Projeto VenceDor

 

A equipe deste projeto de extensão é composta por discentes de Terapia Ocupacional da UFTM (dos 5º, 6º e 8º períodos), discente do Programa de Pós-Graduação em Atenção à Saúde PPGAS/UFTM, por profissionais do CEREST (fisioterapeuta, enfermeira e assistente social) e pelo Terapeuta Ocupacional do Centro Especializado de Reabilitação - CER-II (municipal). 

Análise das ocupações, rotinas e padrões ocupacionais com objetivo de reorganização das ocupações e promoção do bem-estar
Análise das ocupações, rotinas e padrões ocupacionais 

 

Podem participar trabalhadores e trabalhadoras com dor crônica, independente do vínculo empregatício ou se está ativo/afastado/desempregado. Para fazer parte do Projeto VenceDor o trabalhador deve ligar para agendar uma consulta com a equipe do CEREST ou fazer este agendamento de forma presencial. O trabalhador precisa ir na consulta, passar pela avaliação multiprofissional da equipe do CEREST e, depois, iniciar o Projeto. Já foi formado um grupo inicial com quatro participantes, mas o Projeto está aberto a novos atendimentos, basta o trabalhador procurar o CEREST e agendar uma avaliação. 

Atividade para apoiar o envolvimento em ocupações, ampliando a flexibilidade para a realização das atividades do cotidiano.
Atividade para apoiar o envolvimento em ocupações, ampliando a flexibilidade para a realização das atividades do cotidiano.

 

CEREST

O CEREST - Centro de Referência em Saúde do Trabalhador, é um serviço da Secretaria Municipal de Saúde, presente em todo o Brasil.

O CEREST de Uberaba é um centro de Saúde Regional, voltado para o atendimento das ações relacionadas a saúde do trabalhador do município, atendendo também a sete municípios da área de abrangência da microrregião formada pelas cidades de Delta, Água Comprida, Veríssimo, Conceição das Alagoas, Sacramento, Conquista e Campo Florido.

O público alvo do CEREST é qualquer trabalhador: Todos os homens e mulheres que exercem atividades para o sustento próprio e/ou de seus dependentes; qualquer que seja sua forma de inserção no mercado de trabalho, com ou sem carteira assinada, autônomos ou provisoriamente desempregados.

O CEREST é formado por uma equipe multiprofissional, composta por coordenadora geral, assistente social, enfermeira, enfermeira do trabalho, engenheiro do trabalho, fisioterapeuta, médica do trabalho, psicóloga e técnica de enfermagem.

O CEREST fica localizado na rua Governador Valadares, 1.130, Vila Olímpica – número de telefone (34) 3321-8634.

Atividades do Projeto de VenceDor

O projeto acontece a partir de intervenção grupal com atividades de reconhecimento do corpo: consciência corporal e autorregulação; técnicas de apoio à ocupação minimizando a sensação de desconforto e a incapacidade funcional decorrente da dor crônica; autogestão e educação em saúde; envolvimento em ocupações de lazer e recreativas; e avaliação e orientações verbais e escritas de redimensionamento da rotina diária, técnicas de proteção articular e conservação de energia.

Dança na bola. Mantendo o equilíbrio e se divertindo no gerenciamento da dor.
Dança na bola, mantendo o equilíbrio e se divertindo no gerenciamento da dor.

 

O Projeto VenceDor pretende impactar a formação dos discentes tendo em vista contribuir com o desenvolvimento do raciocínio terapêutico ocupacional junto à população trabalhadora, com uma intervenção integral, centrada no cliente e baseada na ocupação; com uma formação acadêmica prática e interdisciplinar com diferentes profissionais da área da saúde do trabalhador, como médico do trabalho, fisioterapeuta, assistente social e enfermeiro. Também busca auxiliar os alunos no treino à abordagem de seleção, prescrição, graduação e adaptação de atividades específicas para pessoas com dor crônica, além de estimular a produção do conhecimento e educação continuada. “O Projeto VenceDor irá oferecer aos estudantes de Terapia Ocupacional a oportunidade de entrarem em contato com trabalhadores adoecidos, aprofundando o estudo e a aplicação dos conhecimentos teóricos à prática e inserindo-os nas políticas de saúde pública, em especial da saúde do trabalhador”, comentou a professora Fabiana Caetano Dutra, coordenadora do projeto.

Atividade
Atividade "estoura o balão". Recreação e movimentação ativa para gerenciamento da dor.

 

Em relação ao atendimento no campo da saúde do trabalhador, o trabalho do Terapeuta Ocupacional, por meio de gerenciamento da dor, tem potencial de propiciar a quem sofre com dor crônica a possibilidade de reaprender a vivenciar suas rotinas pessoais, suas relações com seu próprio autocuidado, suas relações corporais com o trabalho e a possibilidade de vislumbrar o lazer e o envolvimento em ocupações significativas. “Este projeto pretende auxiliar socialmente, não apenas a um retorno ou realização das atividades de trabalho de forma bem sucedida, mas também à uma rotina saudável com bem-estar em outros aspectos da vida. A oferta deste serviço de saúde especializado na cidade de Uberaba é quase nula, principalmente para a população que depende do SUS. Assim, os possíveis resultados do Projeto VenceDor poderão proporcionar cuidados de qualidade à saúde, expandindo os serviços já oferecidos pelo CEREST e, de forma mais ampla, às perspectivas de desenvolvimento político e social da população mais carente da sociedade que ocupa nossos serviços públicos de saúde”, concluiu a coordenadora.

Jogos e muita diversão em atividade de percepção corporal, movimentação ativa, atenção e resolução de problemas.
Jogos e muita diversão em atividade de percepção corporal, movimentação ativa, atenção e resolução de problemas.

 

Página do Projeto das redes sociais:

https://www.instagram.com/projeto.vencedor.uftm?utm_source=ig_web_button_share_sheet&igsh=ZDNlZDc0MzIxNw%3D%3D

 

Imagens: Projeto de extensão VenceDor/UFTM

 

0
0
0
s2sdefault
Fim do conteúdo da página